sexta-feira, fevereiro 18, 2005

Se tu soubesses...



No momento em que os raios do sol deslizam nos céus,
E o brilho da lua acena o último adeus,
Os meus sonhos terminam com o teu nome nos meus lábios
E começam, sem interrupção, os pensamentos em ti .
Lembrar-me-ei da última vez que nos encontramos,
Mergulhando na memória desse tão especial momento,
Detenho-me no cenário em que te vi sorrir
Tentando fazer durar tal imagem nem seja só por um segundo
Então, por alguma razão, o meu coração desalvora,
A respiração altera-se e os pensamentos rodopiam!
Tento ignorar tudo isto que cresce cada vez mais forte,
A chegar a um limite que ultrapassa a minha
capacidade de domínio.
Vou deitar-me na almofada dos meus sonhos
Onde ouvirei frases com o teu nome.
Delas retirarei palavras e farei uma poesia,
Esperando que de algum modo te conduza a mim.
Aqui estão os sentimentos que escondo
Explodindo de um amor tão grande como a maré!

Ah, se tu soubesses!