terça-feira, março 08, 2005

Do Homem e da Mulher....

Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". De então para cá o movimento a favor da emancipação da mulher tem tomado forma, tanto em Portugal como no resto do mundo…

Que Todos os dias sejam o dia da mulher e do homem
Que homem e mulher sejam valorizados
Que as suas diferenças e integridade sejam respeitadas.
Que o homem e a mulher entendam que essas mesmas diferenças são complementares..
E que se unam na construção de um mundo mais humano e feliz!



O homem é a mais elevada das criaturas,
a mulher é o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono,
para a mulher, um altar.
O trono exalta,
o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher, o coração.
O cérebro fabrica a luz,
o coração produz o Amor.
A luz fecunda, o Amor ressuscita.
O homem é forte pela razão,
a mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence,
as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
a mulher, é capaz de todos os martírios.
O heroísmo enobrece,
o martírio sublimiza.
O homem tem a supremacia,
a mulher, a preferência.
A supremacia significa a força,
a preferência representa o direito.
O homem é um gênio,
a mulher, um anjo.
O gênio é imensurável,
o anjo é indefinível.
A aspiração do homem é a suprema glória.
A aspiração da mulher é a virtude extrema.
A glória tudo engrandesce,
a virtude tudo diviniza.
O homem é um código,
a mulher, um evangelho.
O código corrige,
o evangelho aperfeiçoa.
O homem pensa,
a mulher sonha.
Pensar é ter no crânio uma larva,
sonhar é ter na fonte uma auréola.
O homem é um oceano,
a mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que adorna,
o lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa,
a mulher, o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço.
Cantar é conquistar a alma.
O homem é um templo,
a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos,
ante o sacrário nos ajoelhamos.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.
A mulher, onde começa o céu.

Victor Hugo