quarta-feira, abril 13, 2005

Deixa...

Deixa que te cante todos pássaros do céu e todas as borboletas do canteiro
onde brotam as flores que cultivei para ti.
Deixa que te cante todas as ondas do mar e todas as dunas que crescem para nós.
Deixa que te cante sem palavras supérfluas todas as odes ao amor de todos os poetas que por ele morreram.
Deixa que te cante todos os beijos e abraços, todos os que já foram dados e todos aqueles que se perderam
Deixa que que o som do meu canto adormeça os teus medos e inquietações,
e que ao adormeceres o teu sonho se torne realidade e não se distinga da minha.

Deixa que o som do meu canto se faça ouvir apenas dentro de ti..

Foto de A.D.